Jipes: Willys CJ

O carro que começou tudo, o Jeep, assim como a Xerox, a Gillette e etc, se enquadra no fenômeno onde a marca é sinônimo do produto. Os CJ vieram no início da segunda guerra, como um projeto de um carro de reconhecimento com capacidade de carga de 250Kg, na concorreência do projeto, três modelos, o Bantan BRC, o Ford GPW, e o Willys MB. O Bantam foi o primeiro eliminado, e os outros dois deram origem ao modelo, já que eram muito similares. A origem do nome Jeep é controversa, alguns dizem que é derivada de GP (General Purpose), que em inglês soava como Jeep, e outros dizem que foi batizado por se parecer com Eugene, The Jeep, personagem do Popeye. Os modelos militares vieram em 1940 e foram usados até 1964, os civis (série CJ, Civilian Jeep) vieram em 1944, e foram fabricados até 1987.Fabricados pela Willys (que criou a marca Jeep), depois pela Kaiser (que havia comprado a Willys), e a AMC, que comprou a Kaiser, e a Chrysler comprou a AMC. A linha CJ foi substituída pelo Jeep Wrangler.

Deixe uma resposta