Carros de Competição: FIAT 131 Abarth

Em finais de 1976, a FIAT “retorna” à cena, tirando os Lancia Stratos um pouco dos holofotes, e fazendo uma versão Gr.4 para o substituto da linha 124 no WRC, o FIAT 131 Mirafiori, que trouxe o título mundial que seu antecessor, o título mundial de construtores, no caso três, 1977, 1978 e 1980, sendo um dos últimos carros Gr.4 a ser campeão, antes dos Gr.B.
Mais uma vez, a elaboração técnica do carro ficou a cargo da Abarth, que fez uma obra-prima em cima de um sedã médio familiar. Gerando duas variações de vida curta, o FIAT 031 Abarth 3500 Bertone, que contava com um motor V6 3.5cc, com caixa de marchas do De Tomaso Pantera, e o FIAT 035 Abarh Volumetrico, que contava com um motor 1.5 com compressor volumétrico, ambos com especificação para Gr.5, mas acabaram sendo laboratório para o sucessor do FIAT 131 Abarth, o Lancia 037.

Deixe uma resposta