Carros de Competição: Cosworth F1 4WD

A Cosworth foi uma preparadora que mudou a F1 na década de 60 com o motor DFV (Double Four Valve), e com apoio da Ford começou um projeto de um carro próprio. Walter Hayes, diretor esportivo da Ford, e quem autorizou o projeto do motor DFV, e elo de ligação da Ford com a Cosworth, autorizou o desenvolvimento do carro. O carro foi desenhado por Robin Herd, ex-projetista da McLaren, em conjunto com o próprio Keith Duckworth, o carro contava com um desenho revolucionário para a época, parecia mais um carro da década de 1970 do que um F1 de 1969. Além de contar com um sistema de tração 4×4 desenvolvido pela própria Cosworth, além de uma caixa de câmbio específica e uma nova versão do motor DFV com bloco fundido em Magnésio!!!!!!! Parecia promissor, mas não foi…Trevor Taylor testou o carro, assim como Mike Costin (sócio de Keith Duckworth na Cosworth) e não tiveram muito êxito, remanejaram algumas peças para balancear a distribuição de peso do carro, mas assim como os outros modelos, sofria com uma tendência muito forte de subesterço, melhorou um pouco com a adoção de um diferencial LSD. Jackie Stweart testou o carro, e constatou: “A frente é tão pesada, que quando você entra numa curva, parece que o carro que dirige você!”, Mike e Trevor tinham a mesma opinião. O carro era pra correr no Grande Prêmio da Inglaterra de 1969, mas depois desse teste, Walter Heyes retirou o suporte da Ford e o projeto foi engavetado.

Deixe uma resposta