Portaro 320 Campina

O Campina era a versão picape da linha fabricada pela FMAT (Fábrica de Máquinas Agrícolas do Tramagal) entre as décadas de 1970 e 1980 em Portugal. Na realidade, eram carros baseados na primeira geração dos Aro 240 romenos. mas com mecânica melhorada e motores Daihatsu diesel (ou Volvo nas versões à gasolina).

 

O 320 teve um passado interessante em competições Cross-Country. Tendo ganho o Rali dos Faraós e o Rally Atlas no início da década de 1980. Além de uma passagem memorável no Dakar de 1983, onde terminou entre os dez primeiros na classificação geral. No modelo de rali, o motor foi trocado por um diesel 4 cilindros 2.3 Volvo de 150 HP além de partes da carroceria substituídas por similares em poliester para aliviar o peso, além do reforço estrutural e adição de equipamentos e acessórios adequados nesse tipo de prova.



fonte: Portaro Campina

Deixe uma resposta