Grand Prix

Com o surgimento dos primeiros automóveis, surgiram as primeiras corridas. Já em 1894, na França, foi realizada a primeira prova automobilística da história, a corrida entre Paris e Rouen. Com a evolução dos automóveis, as provas foram ficando mais complexas, passando a serem disputadas em circuitos fechados. Além disso, iniciativas como a Gordon Bennett Cup (criada pelo magnata das comunicações James Gordon Bennett Jr. em 1900 até 1905) e a Vanderbilt Cup ( criada em 1904 por William Kassam Vanderbilt II), estabeleceram as bases para os futuros Grandes Prêmios pela AIACR (Association International des Automobile Club Reconnus), predecessora da FIA: Provas anuais sendo disputadas por concorrentes de todo o mundo, utilizando um sistema de cores para identificar a origem das equipes, circuitos fechados e servindo de base para desenvolvimento de novas tecnologias para os carros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo Grand Prix

Deutsche Tourenwagen Meisterschaft

Após o DRM começar a ofuscar o Mundial de Marcas, e quase encampar a Can-Am…a brincadeira foi ficando cara demais, aí uma meia dúzia resolveu criar um novo campeonato de turismo…com carros comuns (rolava de Mustang GT a Golf GTI na pista) foi criado o Deutsche Tourenwagen Meisterschaft – Campeonato Alemão de Turismo 
Image
segue o resumo das temporadas de 1984-1996 traduzido do site da categoria 

Em 1984, o DTM estréia como Campeonato Alemão de Carros de Produção, com carros de turismo Gr.A baseados nos carros de rua assim como um bem concebido sistema de handicap. Volker Strycek faturou o primeiro título do DTM em uma BMW 625 CSi após doze provas. Entretanto, sem vencer nenhuma prova do novo campeonato. Já em 1984, a consistência favoreceu o novo campeão. 

Image

Primeiro – Volker Strycek(Alemanha)/ BMW 635 CSi : 155pts 
Segundo – Olaf Manthey(Alemanha)/ Rover Vitesse : 147.5pts 
Terceiro – Harald Grohs(Alemanha)/ BMW 635 CSi : 147pts 

O campeonato já tinha um aroma internacional em 1985, o título foi dessa vez para Suécia: Per Stureson se manteve contra a oposição alemã com o Volvo 240 Turbo. No ano seguinte os motores turbo se estabeleceram mundialmente nas corridas de turismo. Entretanto, na Alemanha, o sistema de handicap garantiu a paridade entre turbos e aspirados. 

Image

Primeiro – Per Stureson(Suécia)/ Volvo 240 Turbo : 117.5pts 
Segundo – Olaf Manthey(Alemanha)/ Rover Vitesse : 100pts 
Terceiro – Harald Grohs(Alemanha)/ BMW 635 CSi: 96pts 

Após ter que ficar um ano fora por falta de patrocínio, Kurt Thiim teve um retorno triunfal em 1986: O Dinamarquês, que pode ser considerado um dos pilotos mais populares do DTM por muitos anos, coletou o título direto com seu Rover Vitesse. Em 1986, também começou a “Era Estrela” no DTM: duas equipes competiram com a Mercedes 190E 2.3 16v e mais adiante, auxiliaram no futuro envolvimento da Mercedes-Benz. 

Image

Primeiro – Kurt Thiim(Dinamarca)/ BMW 635 CSi : 130pts 
Segundo – Volker Veidler(Alemanha)/ Mercedes-Benz 190E 2.3 16v: 113pts 
Terceiro – Kurt König(Alemanha)/ BMW 635 CSi: 104pts 

Em 1987, foi o belga Eric van de Poele que faturou o campeonato com seu BMW M3 E30. Após um luta ferrenha entre a BMW e Ford, o campeonato foi decidido numa final dramática em Salzburgring, onde as três “estrelas do futuro” Eric van de Poele, Manuel Reuter e Marc Hessel lutavam entre si pelo título. 

Image

Primeiro – Eric van de Poele(Bélgica)/ BMW M3 E30 : 127pts 
Segundo – Manuel Reuter(Alemanha)/ Ford Sierra XR4Ti : 124pts 
Terceiro – Marc Hessel(Alemanha)/ BMW M3 E30: 123pts 

Com BMW, Ford, Mercedes-Benz e Opel, quatro fabricantes alinhados para 1988. A Ford foi a única a apostar no turbo e trouxe o campeonato para Colônia. Entretanto, a luta pelo campeonato foi feroz até o final: Indo para a última corrida, quatro pilotos representando três marcas diferentes tinham chances de título. No final, a experiência de Klaus Ludwig o levou ao topo. 

Image

Primeiro – Klaus Ludwig(Alemanha)/ Ford Sierra Cosworth : 258pts 
Segundo – Roland Asch(Alemanha)/ Mercedes-Benz 190E 2.3 16v : 242pts 
Terceiro – Armin Hahne(Alemanha)/ Ford Sierra Cosworth: 238pts 

O italiano Roberto Ravaglia também ganhou o DTM em 1989, dois anos após seu sucesso no WTCC e ETCC. Ravaglia ganhou o título com o BMW M3 E30 inscrito pela equipe Schnitzer, nomeando o título como o maior sucesso de sua carreira. Klaus Ludwig, defendendo seu título, surpreendentemente mudou da Ford para Mercedes-Benz. Em seu primeiro ano na Mercedes, ele venceu 5 corridas. 

Image

Primeiro – Roberto Ravaglia(Itália)/ BMW M3 E30 : 285pts 
Segundo – Klaus Niedzwiedz(Alemanha)/ Ford Sierra Cosworth : 274pts 
Terceiro – Fabien Giroix(França)/ BMW M3 E30: 265pts 

A Ford abandonou o campeonato em 1990, mas em seu lugar veio a Audi. O título foi para Ingolstadt logo no primeiro ano. O favorito do público, Hans-Joachim “Strietzel” Stuck triunfou com o Audi V8 quattro. A Audi não só sobrepujou seus rivais com a vantagem da tração nas quatro rodas: O motor V8 da Audi era também mais poderoso que a concorrência. 

Image

Primeiro – Hans-Joachim Stuck(Alemanha)/ Audi V8 quattro : 189pts 
Segundo – Johnny Cecotto(Venezuela)/ BMW M3 E30 Sport Evolution: 177pts 
Terceiro – Kurt Thiim(Dinamarca)/ Mercedes-Benz 190E 2.5 16v Evo : 162pts 

Em 1991, a Audi foi a primeira marca na história do DTM a defender um título com sucesso. Dessa vez Frank Biela foi o campeão, completando o primeiro dos seus 15 anos com a Audi. As esperanças da Mercedes-Benz de ganhar seu primeiro título com Klaus Ludwig permaneceram intactas até a última corrida em Hockenheim, entretanto a chuva no final fez os Audi com tração nas quatro rodas imbatíveis. 

Image

Primeiro – Frank Biela(Alemanha)/ Audi V8 quattro : 174pts 
Segundo – Klaus Ludwig(Alemanha)/ Mercedes-Benz 190E 2.5 16v Evo2 : 166pts 
Terceiro – Hans-Joachim Stuck(Alemanha)/ Audi V8 quattro : 158pts 

1992 foi o ano da Mercedes-Benz. A Mercedes-Benz 190E 2.5 16v Evo2 da AMG venceu 16 vezes. Klaus Ludwig coletou o primeiro título do DTM para Stuttgart e foi o primeiro piloto a ser bicampeão do DTM. Em 1992, Ellen Lohr foi a primeira, e até hoje, a única mulher a vencer uma corrida. 

Image

Primeiro – Klaus Ludwig(Alemanha)/ Mercedes-Benz 190E 2.5 16v Evo2 : 228pts 
Segundo – Kurt Thiim(Dinamarca)/ Mercedes-Benz 190E 2.5 16v Evo2 : 192pts 
Terceiro – Bernd Schneider(Alemanha)/ Mercedes-Benz 190E 2.5 16v Evo2 : 191pts 

1993 testemunhou a introdução do novo regulamento Class 1. As regras ditavam motores com no máximo 2.5 litros e 6 cilindros. Além disso, modificações liberais no motor, chassi e aerodinâmica eram permitidas. Alfa Romeo foi a primeira marca a construir um carro de turismo Class 1 e foi amplamente recompensada: Nicola Larini levou o título para Itália no ano de estréia da Alfa Romeo. 

Image

Primeiro – Nicola Larini(Itália)/ Alfa Romeo 155 V6 TI : 261pts 
Segundo – Roland Asch(Alemanha)/ Mercedes-Benz 190E AMG : 204pts 
Terceiro – Bernd Schneider(Alemanha)/ Mercedes-Benz 190E AMG : 172pts 

Em 1994, a Mercedes-Benz novamente estabeleceu um contra-ataque impressionante: O novo C-Klasse, que alinhou contra os Alfa Romeo, prevaleceu com sua convencional tração traseira no seu primeiro ano. Klaus Ludwig assegurou seu terceiro título no DTM, e foi o recordista em títulos por muitos anos até ser superado por Bernd Schneider em 2003. 

Image

Primeiro – Klaus Ludwig(Alemanha)/ Mercedes-Benz C-Klasse AMG : 222pts 
Segundo – Jörg van Ommen(Alemanha)/ Mercedes-Benz C-Klasse AMG : 175pts 
Terceiro – Nicola Larini(Itália)/ Alfa Romeo 155 V6 TI : 150pts 

Após o DTM já ter experimentado corridas fora de casa em 1993 e 1994 na Grã-Bretanha, o passo à frente em direção a internacionalização foi dado em 1995. Paralelo ao DTM, o Campeonato Internacional de Turismo (ITC), com provas na Itália, Finlândia, Grã-Bretanha, Portugal e França, foi criado. Bernd Schneider da Mercedes-Benz foi o destaque da temporada e levou ambos os títulos. 

Image

DTM 
Primeiro – Bernd Schneider(Alemanha)/ Mercedes-Benz C-Klasse AMG : 138pts 
Segundo – Jörg van Ommen(Alemanha)/ Mercedes-Benz C-Klasse AMG : 113pts 
Terceiro – Klaus Ludwig(Alemanha)/ Opel Calibra V6 : 80pts 

ITC 
Primeiro – Bernd Schneider(Alemanha)/ Mercedes-Benz C-Klasse AMG : 155pts 
Segundo – Jan Magnussen(Dinamarca)/ Mercedes-Benz C-Klasse AMG : 83pts 
Terceiro – Dario Franchitti(Grã-Bretanha)/ Mercedes-Benz C-Klasse AMG : 80pts 

Em 1996, o DTM foi completamente substituído pelo ITC. Seis eventos foram mantidos na Alemanha, as demais eram espalhadas pela Europa e até mesmo em outros continentes. Manuel Reuter ganhou o título com o Opel Calibra V6. Assim como os custos dos tecnicamente complexos carros Class 1 eram alavancados, Opel e Alfa Romeo anunciaram suas saídas no final da temporada. Isso significou o fim temporário do DTM. 

Image

Primeiro – Manuel Reuter(Alemanha)/ Opel Calibra V6 : 218pts 
Segundo – Bernd Schneider(Alemanha)/ Mercedes-Benz C-Klasse AMG : 205pts 
Terceiro – Alessandro Nannini(Itália)/ Alfa Romeo 155 V6 TI : 180pts 

Ou seja, enquanto tava na mão da ADAC…com carros Gr.A tava tudo sussa…foi a FIA se meter (criar os Class 1 e fazer etapas em lugares totalmente distantes) que começou a dar problema…mas eles eram espertos, e quando a FIA meteu o bedelho no DTM, eles tinham criado um campeonato alternativo…o Super Tourenwagen Cup, aí a poeira baixou, e recriaram o DTM

fonte: DTM