Williams Grand Prix

2017 marca os 40 anos da equipe de Frank Williams, embora tenha começado como Frank Williams Racing Cars entre 1969 e 1975, se estabeleceu como um dos maiores construtores da Fórmula 1, quando reabriu a equipe com seu novo sócio e parceiro Patrick Head em 1977, como Williams Grand Prix Engineering.

MG Metro 6R4

A British Leyland era patrocinadora da equipe e encomendou uma versão Gr.B de seu modelo popular, o Austin Metro. Em 6 meses a Williams entregou uma versão com motor central V6 3.0 aspirado baseado no Cosworth DFV da F1 e tração 4×4. Teve um início promissor, pena a categoria não ter durado muito. Foi utilizado em provas de rallycross e o motor foi aproveitado no Jaguar XJ220.

Continuar lendo Williams Grand Prix

Audi Sport

Com o encerramento do programa de endurance da Audi, além de uma mudança de foco para os carros elétricos, vamos relembrar os 15 carros mais icônicos da marca de Ingolstadt no automobilismo.

Audi R8R (R8)

Em 1997, a Audi Sport pensava em se retirar do automobilismo, a tarefa de Wolfgang Ulrich na época era mostrar que a marca ainda podia chegar mais longe. Com uma mãozinha de Ferdinand Piëch e aproveitando que a equipe de Reinhold Jost estava procurando uma nova marca para se associar depois da separação da Porsche, iniciaram o programa de resistência. Aproveitando o know-how de um projeto já existente da Porsche, o 9R3, que foi abortado e em contrapartida, a Audi passou o know-how do sistema quattro para a Porsche desenvolver um SUV.
Continuar lendo Audi Sport